Páginas

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Rock 50s

Boa noite!
Bom as (minhas) aulas começaram, tenho que confessar eu mal dormi na noite anterior, sim o primeiro dia de aula me deixa nervosa kspaoksoak. Mas foi tudo bem e eu tive a grande notícia que esse ano vou sair mais tarde todos os dias, terei umas vinte matérias, e isso vai ser muitooo chato, só hoje no primeiro dia eu já tenho três provas marcadas! ¬¬ fala sério tem professor que não tem o que fazer e fica marcando prova logo no começo, mas de resto foi tudo bem. Exceto o fato da minha melhor amiga ter caído na outra sala do segundo u.u isso acontece, mas é bem triste poxa nós estudamos na mesma classe desde que eu conheço ela –‘
Mas vamos ao post de hoje, o post que eu venho enrolando a muito tempo ;x O Rock dos anos 50!! *-*


A década de 50 marca o início do Rock, mais precisamente em 1954 (aproximadamente), o que primeiro definiu o estilo foi Bill Haley, a data de início do rock ficou sendo a de lançamento da música Rock Around The Clock de Bill Haley and The Comets.
O rock era uma música de ritmo dançante e contagiante, os cantores do estilo, negros, se destacavam numa sociedade racista, foi então que o sonho dos racistas de encontrar um branco que cantasse o rock como um negro foi realizado com Sam Phillips, o produtor musical que descobriu o jovem que cantava como um negro, e dançava sensualmente e até agressivamente, que mais tarde se tornou uma lenda do rock e consagrou-se o Rei, sim, trata-se de Elvis Presley.
O rock de fato só começou a fazer sucesso em 1955 quando a música Around The Clock foi colocada na abertura do filme Sementes da Violência. O filme despertou uma ação de rebeldia nos jovens, associando assim a música à rebeldia da juventude dos anos 50. Eles eram uns rebeldes sem causa O.o
E nesse ponto surge Chuck Berry! Sim eu gosto de algumas músicas dele, e foi uma delas que me deu a idéia pra escrever sobre o rock. Ele subiu as paradas com a música Ida Red (ou como foi renomeada mais tarde Maybelline), sendo um negro, quera considerado mais uma má influencia para os jovens (agora rebeldes kspaoks). Como já dito aqui, cabia a ele o título de rei do rock, mas isso ficou para Elvis devido ao fato de ser branco, a importância de Chuck Berry não pode ser discutida.
Outro negro começou a se destacar (pelo que eu li a sociedade era bem conservadora, muito mesmo, todos racistas, imagina o estado deles com todos esses negros se destacando e fazendo a juventude se rebelar ksoapksaos uhuull) tratava-se de Little Richard, ele era uma figura estranha na época, afeminado, usava maquiagem e com um penteado exótico. Ele lançou a música Tutti Frutti, da qual o refrão se tornou uma espécie de ‘grito de guerra’ do rock. (vocês com certeza já ouviram essa música)
Com o sucesso de Elvis as gravadoras começaram a procurar novos talentos em potencial, entre os descobertos Roy Orbison, Jerry Lee Lewis, Gene Vincent and The Blues Caps, James Brown. Enquanto tudo isso, o filme Sementes da Violência levava à Inglaterra, com atraso, o movimento do Rock’n’roll.
Em 1957 o fim do Rock foi anunciado diante ao alistamento obrigatório de Elvis Presley nas forças armadas, além do mais qual seria o futuro do rock sem o rei? Mas contrariando todas as espectativas de fim novos talentos começaram a despontar, alguns provando que o rock romântico e açucarado (o meu preferido diga-se de passagem), poderia ser a forma de domar.
Mas é claro, a tentativa de domar o rock, não fez com que a rebeldia do mesmo acabasse, destacando Chuck Berry com School Days e Jerry Lee Lewis Crazy Arms e Whole Lotta Shakin’ Going On.
Jerry Lee Lewis era o primeiro candidato ao posto de Elvis, que se encontrava nas forças armadas, branco, carismático e REBELDE (resumindo parte da história, pra ser alguém vc tinha que ser antes de tudo rebelde skaposkaoks). Sua carreira acabou depois que veio a conhecimento seu casamento com sua prima de 13 anos, e o fato de ele ser bígamo ;O
Chuck Berry lança então os seus maiores sucessos Sweet Little Sixteen e Johnny B. Goode (adoro essa música *-*), e o rock romântico reagiu com outros grandes sucessos.
O ano negro de 1959 começou pelo acidente de avião que matou Buddy Holly, Big Booper e o recém descoberto chicano Ritchie Valens (do sucesso La Bamba). Após uma apresentação conjunta durante uma mal-sucedida turnê de inverno chamada Winter Dance Party , o avião que transportava o grupo de uma cidade para outra, em meio a uma tempestade de neve e com um piloto inexperiente, caiu pouco após a decolagem, não deixando sobreviventes.
Os anos 50 terminam com Chuck Berry sendo preso por cruzar uma fronteira estadual com uma prostituta. Seu grande crime era ser negro em uma sociedade racista e ter alcançado tanto sucesso. Berry foi julgado e condenado a dois anos de cadeia.Os fatos citados acima eram emblemáticos e fáceis de notar mas os problemas do rock não se reduziam a estes. O estilo estava gasto em virtude da superexposição e mesmo grandes nomes como Carl Perkins e Jerry Lee Lewis estavam tomando o caminho mais lucrativo do country. Elvis Presley, de volta de seu serviço nas forças armadas, passaria de rockeiro rebelde a entertainer familiar, gravando praticamente apenas baladas. A juventude finalmente notara que Bill Haley e Allan Freed afinal já não tinham idade para serem ídolos jovens. Talvez o rock finalmente tivesse morrido. Ou talvez apenas precisasse de algumas mudanças.
E aqui vai uma lista das dez músicas do Rock dos anos 50 que foram mais 'importantes'...


Fontes:
Musicodelia
Histótia do Rock - Anos 50
É isso o proximo será sobre o Rock 60s, depois eu digo o dia. Queria agradecer aos comentários *-* e às seguidoras do blog *-* nao acredito que por um milagre eu já tenho seis *-* skaopks muito obrigada!
Beijoss ;*

4 comentários:

Gabi disse...

Amiiga, vi seu blog na comunidade da Capricho e amei! Adoro o Rock dos anos 50. Acho que aprendi com meu padrasto. :x Enfim, achei até que não fosse conseguir ler tudo, de preguiça. Mas vc escreve bem! Gostei!

Parabéns, menina! Vai longe.
beeijos.

taatie a. disse...

af, logo no primeiro dia de aula, tres provas? como assim?

minhas aulas só começam terça! :D

Ca ruedas disse...

Adoreei o post o tema, tudo. Minha mãe AMA rock dos anos 50 e eu simpatizo muito também ;]
Ah, deixei um selo no meu blog pra vc :x

Monique disse...

AMEI, tá linda a reportagem!
as músicas então, ótimas!
seu blog é MARA!
beeijo ;*